Série | Nada Ortodoxa, origem da história

Lançada neste ano pela Netflix, como uma minissérie de quatro episódios, Nada Ortodoxo foi inspirada no livro de mesmo nome, escrito por Deborah Feldman.

A história de Deborah fala sobre sua jornada para encontrar seu lugar no mundo

Vinda de uma família judaica hassídica (movimento surgido no interior do judaismo ortodoxo), Deborah cresceu sob um código de costumes rígidos, que limitavam em muito suas escolhas na vida.

Em seus dezenove anos de idade, com um filho, em um casamento totalmente artificial, Deborah percebe que precisa abandonar sua antiga vida e os costumes de sua família.

A série trabalha com o funcionamento de grupos religiosos ortodoxos, que costumam ser tanto misteriosos quanto intrigantes quando vistos de fora, e principalmente com reflexões sobre o equilíbrio entre liberdade, independência, laços e pertencimento.

A série, dirigida por Maria Schrader, foi indicada a 8 Emmys, incluindo o de melhor minissérie.